Buscar
  • O Vaqueiro e suas Raízes

O Mercado de Arte Popular de Feira de Santana


Dia de visitar o Mercado de Arte Popular de Feira de Santana. Lá, artesãos expõem e comercializam seus produtos em um ambiente diverso e que exprime toda a linguagem cultural da região.

O mercado que conta com cerca de 100 boxes, foi criado em 1914 pelo Coronel Bernardino da Silva Bahia, sendo chamado primeiramente de Mercado Municipal.

Com uma arquitetura neoclássica o espaço, abrigou por décadas o comércio de secos e molhados e foi o principal ponto da grande feira de gado que acontecia todos os sábados e segundas-feiras, reunindo negociantes de produtos nordestinos de todo o portal do sertão.

O mercado foi fechado em 1976 e reaberto em 1980 já com o nome de Marcado de Arte Popular. O prédio foi tombado em 1992 pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), e desde então passou por algumas reformas, sendo a última, finalizada em janeiro de 2016.

O projeto é uma realização da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo de Passeio e Esporte (ABCCPE) e tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) - (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Fotos: Bel Anunciação

#ipac #patrimônioimaterial #programaaldirblancbahia #culturaquemovimenta

5 visualizações0 comentário