Buscar
  • O Vaqueiro e suas Raízes

Grande iniciativa: projeto irá contar história do vaqueiro, patrimônio imaterial da Bahia

Atualizado: Set 20

Símbolo da resistência e do trabalho no Nordeste, o vaqueiro é figura conhecida dentro e fora da Bahia, e isso fez com que esse posto fosse registrado como Patrimônio Imaterial do Estado através da publicação do Decreto de nº13.150 de agosto de 2011. Desde então, inúmeras incursões vêm sendo feitas para a coleta de materiais que criem um acervo digno desse objeto de estudo.


O Vaqueiro e Suas Raízes é um projeto realizado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalo de Passeio e Esporte (ABCCPE), e é a incursão mais ampla feita após o registro do ofício do vaqueiro como bem imaterial da Bahia.


Uma equipe composta por profissionais como pesquisadores, fotógrafos, cinegrafistas e produtores culturais passará por cinco territórios do Estado da Bahia. São eles: Bacia do Jacuípe, Sertão de São Francisco, Sertão Produtivo, Portal do Sertão e Litoral Norte, percorrendo os municípios de Pé de Serra, Curaçá, Lagoa Real, Feira de Santana e Pedrão, com o objetivo de obter informações, documentos, imagens e depoimentos, e todos os materiais necessários para a produção de um vídeo documentário, site e conteúdo de redes sociais, além da publicação de um livro com tiragem de 1.000 exemplares, destacando as tradições cultivadas pelos vaqueiros, como as missas e vaquejadas, a rotina diária, as reuniões e confraternizações e tudo que abrange os saberes e fazeres dessa cultura.


O projeto Vaqueiro e suas Raízes tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) – (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Fonte: Berimbau Notícias


1 visualização0 comentário